Conecte-se conosco

Capital

Ajustes fiscais da gestão Iris Rezende elevarão Goiânia à nota “A” já em 2018

De acordo com Eduardo Scarpa, chefe do Tesouro Municipal, o boletim de finanças dos entes subnacionais da secretaria do Tesouro Nacional não reflete a nova realidade da prefeitura de Goiânia, que desde 2017 tem alcançado superávits primários que impactarão de forma positiva no balanço de 2018

Publicado

em

Os números do Boletim de Finanças dos Entes Subnacionais divulgado pela Secretaria do Tesouro Nacional na semana passada, e que aponta Goiânia com nota “C”, já não reflete a realidade das finanças do município. A informação é do chefe do Tesouro Municipal, Eduardo Scarpa, que se baseia nos números atuais do balanço da Prefeitura de Goiãnia.

De acordo com Scarpa, os dados divulgados pelo STN dizem respeito à média ponderada do triênio 2015, 2016 e 2017. Segundo ele, os péssimos resultados de 2015 e 2016 puxaram para baixo a nota da Prefeitura de Goiãnia, mas que, dado a melhora dos números já no ano de 2017 e sua evolução também em 2018, o município passará a ser classificado com nota “A” após a divulgação dos resultados fiscais deste ano.

Para Scarpa, os resultados primários positivos de 2017 e o projetado para 2018 de mais de R$ 350 milhões impactarão de forma positiva no cálculo da poupança corrente e o saneamento do déficit mensal de caixa, de quase R$ 31 milhões herdados da gestão anterior, sobretudo pela equalização do déficit da previdência, vai permitir a melhora substancial no quesito liquidez, possivelmente com caixa positivo já em 2018.

Outro ponto positivo destacado por Eduardo Scarpa é o índice de endividamento da Prefeitura, o mais baixo entre todas as capitais, com percentual de apenas 24% da sua Receita Corrente Líquida.

“Nosso índice de Poupança Corrente irá melhorar em razão da saída do exercício 2015 do cálculo e entrada de 2018, que tem maior peso e resultados muito superiores aos anteriores”, avalia Scarpa.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas