Conecte-se conosco

Capital

Caiado e Gracinha celebram os 80 anos da Academia Goiana de Letras

Presidente da Academia elogiou e agradeceu a iniciativa do governador ao recriar a Secretaria da Cultura e escolher para dirigi-la “um intelectual do porte acadêmico de Edival Lourenço”

Publicado

em

Artistas, escritores e jornalistas goianos, que somam os 40 membros da Academia Goiana de Letras (AGL), comemoraram os 80 anos da Instituição, nesta quarta-feira (24/4), junto ao governador Ronaldo Caiado e a primeira-dama Gracinha Caiado, no Salão Gercina Borges, no Palácio das Esmeraldas. O local é símbolo do nascimento da AGL, pois foi lá, em 1939, que o então interventor do Estado, Pedro Ludovico Teixeira, e intelectuais da época, fundaram a Academia.

Ao assumir a gestão do Estado, Ronaldo Caiado cumpriu o compromisso de recriar a Secretaria de Cultura, que tem à frente o escritor Edival Lourenço. O secretário relembrou o histórico positivo da Academia, que coleciona grandes nomes de impacto nacional, e reafirmou a parceria entre a Secretaria e a AGL. “Temos na Academia um braço forte para nos guiar e apoiar nas ideias e ações que o Estado precisa desenvolver por meio da Secretaria da Cultura”, reiterou.

Em seu discurso, Caiado lembrou a importância do trabalho desenvolvido pelos membros, ao difundirem a cultura goiana por meio de suas obras. “São verdadeiros formadores de opinião. Pessoas que estão sempre à frente de seu tempo, que ajudam a levar o nome de Goiás por todo o País e nos ensinam com seus livros e contos”, disse o governador.

A AGL é o órgão consultivo para assuntos da Cultura do Governo de Goiás e tem como objetivo cultuar, zelar e difundir a língua portuguesa e a literatura brasileira, principalmente a produzida em nosso Estado. “São vocês que vocalizam o sentimento dos goianos, que guardam nossas tradições, e que influenciam diretamente no interesse de nossos jovens pela leitura e, consequentemente, em sua educação”, cumprimentou Caiado ao agradecer os membros por comemorarem o octogenário e o descerramento da placa no Palácio.

Lêda Selma, presidente da AGL, agradeceu a homenagem e sensibilidade do governador e da primeira-dama. Fez um panorama de toda a trajetória da Academia até os dias atuais, e lembrou da primeira mulher a ocupar uma das honrosas cadeiras, que foi a folclorista Regina Lacerda, em 1973.

“Nesses 80 anos de atividades, mesmo sob pressão e dificuldades, a Academia Goiana de Letras manteve-se na linha de frente, lutando por sua sobrevivência. Agradeço ao governador Ronaldo Caiado, que já demonstrou seu compromisso cultural ao trazer de volta a Secretaria da Cultura e, para dirigi-la, um intelectual do porte acadêmico de Edival Lourenço”, completou.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Capital

Orquestra Sinfônica de Goiânia apresenta concerto com violinista Carmelo de los Santos. Evento acontece nesta terça 20

Publicado

em

Evento será realizado nesta terça-feira (20/08), às 20h, no Teatro Sesi. Ingresso pode ser trocado por dois quilos de alimentos não-perecíveis ou um livro literário

A Orquestra Sinfônica de Goiânia apresenta, nesta terça-feira (20/08), às 20h, no Teatro Sesi, um concerto internacional com a participação do violinista Carmelo de los Santos. As obras que serão apresentadas são ícones do repertório orquestral: O Concerto para Violino e Orquestra, do compositor alemão Johannes Brahms e a Suite do Balé Romeu e Julieta, do compositor russo Sergei Prokofiev. A noite conta ainda com a primeira audição mundial da obra “Movimento para Cordas nº 2”, do compositor goiano Estércio Marquez Cunha, a maior referência na composição de música de concerto em Goiás.

Carmelo de los Santos é professor da Universidade do Novo México, nos Estados Unidos, e um dos mais importantes artistas brasileiros. A regência do concerto será do maestro titular e diretor artístico da Orquestra, Eliseu Ferreira. Para ele, uma excelente oportunidade para conferir um programa de excelente qualidade executado pela Orquestra Sinfônica da Prefeitura Municipal. “A cada dia conquistamos novos espaços nos cenários musicais local e nacional, pela regularidade, diversidade e qualidade de suas propostas artísticas e institucionais”, afirma o maestro.

A realização é da Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), com o apoio do Teatro Sesi. A entrada para o concerto é mediante a doação de dois quilos de alimentos não-perecíveis ou um livro lite

Continue Lendo

Capital

Blogueiro é obrigado a retirar matérias ofensivas à honra de promotor de Justiça

Decisão liminar atende pedido da defesa do promotor de Justiça do Ministério Público de Goiás Fernando Krebs, que alegou, em ação de indenização por danos morais, que teve a honra maculada por postagens no blog do Cleuber Carlos, assinado pelo blogueiro de mesmo nome

Publicado

em

Por

A Juíza de direito Viviane Silva de Moraes Azevedo, do 11º Juizado Especial Cível de Goiânia, determinou, em sede de tutela provisória, em ação de indenização por danos morais, que o blogueiro Cleuber Carlos do Nascimento retire do seu blog (Blog do Cleuber) as matérias publicadas e atentatórias à honra do promotor de Justiça Fernando Krebs e de seus familiares.

A decisão, segundo a magistrada, foi tomada após a análise das alegações da parte requerente, juntamente com os elementos que evidenciem o perigo de dano de difícil reparação à honra do promotor. Nas publicações, Cleuber Carlos faz “ilações” a respeito da conduta do promotor e insinua parcialidade do representante do Ministério Público goiano na propositura de ações de improbidade contra ex-governadores de Goiás.

A juíza determinou que todas as matérias mencionadas na demanda, em que Fernando Krebs e seus familiares são nominalmente citados em conteúdos que possuem material ofensivo à imagem e à honra dos mesmos, sejam retiradas do ar no prazo máximo de 24 horas, sob pena de multa diária de R$ 1 mil reais.

Em outra ação, julgada em 2019, o mesmo blogueiro foi condenado ao pagamento de indenização no valor de R$ 10 mil ao promotor Fernando Krebs,  também por ofensas morais e à honra do representante ministerial.

Continue Lendo