Conecte-se conosco

Estado

Caiado: Goiás vive estado de deteriorização total associado à corrupção e vandalismo administrativo

Governador Ronaldo Caiado concede entrevista ao vivo para o jornalista José Roberto Burnier da Globo News

Publicado

em

O governador de Goiás Ronaldo Caiado (DEM) concedeu entrevista ao vivo para o jornalista José Roberto Burnier, da Globo News, na tarde desta terça (8). Questionado sobre como pagará o salário do servidores, Caiado em resposta alertou sobre as mazelas encontradas nos cofres do estado e caos fiscal e administrativo instaurado em Goiás.

“Peguei um estado com  R$11 milhões em caixa e dívida de R$3,4 bilhões que levou Goiás a um quadro de colapso e falência.  Essa é uma situação crítica com colapso nas estruturas hospitalares do estado. Você vê hoje pacientes internados e as distribuidoras não aceitam sequer repasse de medicamentos. No hospital, crianças recém- nascidas com lesões graves. É um estado avassalador. A insensibilidade da pauta do governo era totalmente desumana, para se beneficiar politicamente.”

Aprofundando a resposta, Caiado apontou os gargalos. “Em relação aos servidores a situação de Goiás é pior. O ex-governador (José Eliton – PSDB) para liberar seu CPF e não ser penalizado pela LRF (lei de responsabilidade fiscal), sequer empenhou. Esta dívida não existe, ele teria que deixar o depósito, ou seja, a receita do pagamento do salário de dezembro, que sequer foi empanhado. Estamos tendo problema do ponto de vista legal para regularizar a folha. Não temos receita e com uma dívida para saldar de R$ 3,4 bilhões. Então eu estou trabalhando, dia e noite.”revelou.

“Falei com Paulo Guedes (Ministro da Economia). Goiás foi rebaixado à categoria D. Fui o único governador que conseguiu aprovar na Assembleia em poucos dias, ainda no ano passado, uma lei para recuperar cerca  de R$1 bilhão na diminuição dos incentivos fiscais.  Fiz corte de mais de R$20% da máquina pública total. Tenho feito um trabalho dia e noite. Quinta-feira estarei no interior do estado. Nós não temos mais estradas. Começa o período da safra e as estradas estão intransitáveis, sem condições de trafegar, para dar trânsito às essas rodovias. Implantei o sistema de Compliance (modelo da Controladoria  Geral) que  vai realizar auditorias em todas as pastas”disse.

“Fiz ainda uma ação para que 1.300 policiais que estavam fora de suas atividades, retornassem às suas funções na Policia Militar” finalizou.

Assista a entrevista completa de Ronaldo Caiado para a Globo News

http://g1.globo.com/globo-news/videos/v/governador-de-goias-ronaldo-caiado-diz-que-pegou-estado-com-divida-de-r-34-bi/7283871/

 

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas