Conecte-se conosco

Estado

“Goiás na frente” é maior programa de obras paradas do Brasil

Publicado

em

O programa “Goiás na Frente” é considerado um dos maiores exemplares de obras paradas do Brasil.

Ernesto Roller (MDB), secretário de Governo, disse que dos 395 convênios de obras assinados por meio do programa Goiás na Frente,  312 estão paradas.

Programas semelhantes em Minas Gerais apontam 234 obras paradas e 118 em São Paulo, conforme consulta nos tribunais de contas.

O levantamento foi encaminhado para o Tribunal de Contas do Estado (TCE). O Governo de Goiás anunciou ontem, 5, a paralisação das obras devido a falta de previsão orçamentária.

Conforme o governador Ronaldo Caiado (DEM), a gestão anterior teria “comprado um carro financiado” e pagado apenas a primeira parcela.

Ou seja, não existe nem jamais existiu dinheiro no caixa  do Governo de Goiás para completar as demais parcelas acordadas com os prefeitos goianos.

Paulo Sérgio, prefeito de Hidrolândia e presidente da Associação Goiana dos Municípios (AGM), reclamou do anúncio do Governo de Goiás.

NOTA

Em nota, Marconi Perillo e José Eliton, ex-governadores que anunciaram o programa, defenderam o programa:  “Não há que se falar em dívida do Estado com o Goiás Na Frente, porque na sistemática do programa seguia, de forma resumida, as seguintes etapas: o governo firmava convênio com o município que tinha de apresentar os projetos, toda a documentação necessária (etapa realizada ao longo do ano de 2017 e início de 2018 em face inclusive de vedação temporal de formalização de convênios em período eleitoral). Ato seguinte o município realiza a licitação da obra, serviço ou aquisição; o governo repassava a primeira parcela de recursos, o município executava a obra/serviço em conformidade com o plano de trabalho estabelecido no convênio, prestava contas e, somente após aprovação do corpo técnico do governo, era autorizado o repasse da parcela subsequente”.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas