Conecte-se conosco

Capital

Obra de Cmei, objeto de ação do MPF contra Iris Rezende, foi paralisada na gestão passada e já tem previsão de retomada

Publicado

em

Foto: Paulo José. Prefeito Iris Rezende faz a entrega de mais 4 salas modulares no Cmei do Jardim Itaipu.

A obra do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Grande Retiro, localizado no bairro de mesmo nome, região Leste da Capital, que é objeto de ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Federal (MPF) contra o prefeito de Goiânia, Iris Rezende, e o secretário Municipal de Educação, Marcelo Costa, foi paralisada ainda na gestão passada e já tem data prevista para ser retomada.

De acordo com o cronograma de obras da Prefeitura de Goiânia, a unidade de educação infantil terá suas obras reiniciadas em outubro próximo e devem ser concluídas até o final do ano. O custo para conclusão do Cmei é de pouco mais de R$ 4,6 milhões e será bancado com recursos próprios da Prefeitura e parte proveniente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Em entrevista durante a entrega de quatro salas modulares no Cmei Residencial Jardim Itaipu, o prefeito Iris Rezende chamou de equívoco a ação do MPF, já que, segundo ele, a obra objeto da ação foi paralisada na gestão anterior e, até o final de 2018, como era de conhecimento público, a Prefeitura não teve condições de retomá-la, haja vista o gigantesco déficit encontrado na administração municipal.

“Quando assumi a Prefeitura em 2017, encontramos um déficit mensal de R$ 31 milhões e dívidas imediatas de quase R$ 1 bilhão, além de uma folha da saúde em aberto. Conseguimos, com muito trabalho, reorganizar a casa, pagar dívidas e sanar o déficit mensal, readquirindo condições financeiras de dar prosseguimento aos investimentos que a cidade precisa. Não encontrei uma obra em andamento. Todas estavam paralisadas, mais de 200 obras. De forma que eu quero tranquilizar o MPF e a população e dizer que vamos entregar Goiânia ao final do mandato em situação digna de aplausos. Vamos retomar essas obras e entregá-las à população, não tenham dúvidas”, afirmou.

O prefeito lembrou, ainda, que apenas neste primeiro trimestre de 2019 cerca de 2.400 vagas foram abertas na educação infantil de tempo integral em Goiânia. Isso, segundo o gestor municipal, foi possível graças ao intenso trabalho desenvolvido pela educação municipal, que investiu na adaptação das salas modulares, permitindo uma redução substancial no prazo de entrega da ampliação dos Cmeis da Capital.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Capital

Promotor Fernando Krebs será agraciado com a Comenda da Ordem do Mérito Anhanguera, a maior honraria concedida pelo Governo de Goiás

A solenidade de condecoração será realizada no próximo dia 25 de julho, durante a mudança da Capital para a Cidade de Goiás

Publicado

em

Por

O promotor de Justiça do Ministério Público de Goiás, titular da 57ª Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, Fernando Krebs, será agraciado com a Comenda da Ordem do Mérito Anhanguera, a maior honraria concedida pelo Governo de Goiás. A justificativa, segundo o Governo de Goiás, são os relevantes serviços prestados pelo promotor ao Estado. A solenidade de entrega da honraria está prevista para o próximo dia 25, na Cidade Goiás, quando acontece a transferência simbólica da Capital para aquela cidade.

A Ordem do Mérito Anhanguera foi criada em 1975, com a finalidade de agraciar pessoas físicas e corporações militares pelos relevantes serviços prestados, levando em consideração as ações e méritos excepcionais.

Fernando Krebs é gaúcho e está há 27 anos nos quadros do Ministério Público de Goiás. Iniciou sua carreira como promotor no interior do Estado e depois como promotor do Juri, em Goiânia, onde ficou por cerca de 10 anos. Há 14 anos está no patrimônio público e tem se notabilizado como um dos promotores mais atuantes do MP goiano.

Continue Lendo

Capital

Projeto Secretário na Escola fecha primeiro semestre com nove edições

Iniciativa da secretaria municipal de Educação e Esporte visa aproximação com comunidade escolar

Publicado

em

Por

Com a finalidade de desburocratizar serviços, a Prefeitura de Goiânia, por meio da secretaria municipal de Educação e Esporte (SME) realiza, ao longo do ano, o projeto Secretário na Escola, no qual a administração da pasta se desloca para instituições de ensino para ouvir demandas e resolver questões pertinentes a comunidade escolar diretamente com a população. No primeiro semestre de 2019, a secretaria realizou nove edições do programa, em escolas e centros municipais de Educação Infantil (Cmei) de diversas regiões da cidade.

Nos dias de projeto, o secretário de Educação e Esporte, professor Marcelo Costa, superintendentes, diretores e gerentes vão até uma unidade escolar escolhida para atender a diretores, professores, alunos e pais com demandas específicas da instituição. O projeto contempla atendimentos nas áreas de alimentação educacional, acompanhamento pedagógico, consultoria em esporte, gestão de pessoas, acompanhamento da rede física e consultoria para prestação de contas. Além disso, diretoras de escolas e Cmeis da região também são convidadas para despachar pessoalmente suas questões com o corpo diretivo da SME.

A primeira edição de 2019 foi na escola municipal Coronel José Viana Alves, localizada no setor Cândida de Morais. Na ocasião, o projeto realizou nove atendimentos com a comunidade escolar. Durante o semestre, o Secretário na Escola fez cerca de 80 atendimentos, entre demandas pessoais e institucionais. Uma das unidades contempladas foi a escola municipal de tempo integral Dona Belinha, na Vila Isaura, e a diretora Klícia Rayanne destacou que “esse contato é essencial, não temos tempo para sentar e dialogar na SME. Essas trocas são feitas justamente quando ele vem à escola”.

Continue Lendo